| 4 comentários ]



Nas imagens, cenas, sexo;

Pele que izala luxúria, pura, insana;

Nas faces, eu, você, eles, elas;

Em mistura pura, perversa, adversa;

Na escolha do segredo;

Na intimidade de se descobrir;

No medo de se achar;

Encontramos o código que faz a diferença;

O código que esquecemos de lembrar;

Se pudesse seria lei a arte de misturar;

Seu cheiro, o meu, o nosso, o deles, o delas;

E no cálice emolduro para sempre as diferenças ;

Levanto um brinde a nós pervertidos de almas,

estranhamente diferentes;

Que sabemos brincar e respeitar;

Que aprendemos ver o outro lado de olhar;

A nós que brindamos à arte de amar;

Código Secreto

4 comentários

pinguim disse... @ terça-feira, 05 agosto, 2008

Excelentes fotos.

Bia disse... @ terça-feira, 05 agosto, 2008

Eu também brindo com vocês !!
Excelente texto e belas imagens!!


miminhos... atrevidos!

CÓDIGO SECRETO disse... @ quarta-feira, 06 agosto, 2008

pinguim

que bom que gosto amigo

abraços

CÓDIGO SECRETO disse... @ quarta-feira, 06 agosto, 2008

bia
agradecemos seu carinho e mimos atrevidos;

beijos
Código Secreto

Postar um comentário