| 6 comentários ]


O tempo começa, o relógio dispara..
Segundos , minutos, horas, dias, uma vida.
Se escreve a historia, plateia, palco, protagonista ,
entre voltas o tempo não passa.
No começo queremos que passe logo..
Desejamos um tempo adolescente,
não mais criança...
Onde tudo se pode..
Poder, busca, descobertas...

E o tempo começa...



E o desejo vira hora certa,já se vive, o tudo pode,
o tudo quero..
Já não vejo a hora de poder fazer, agora posso.
Já sou dona do meu destino,
agora escolho apenas o caminho.
No erro e no acerto sigo e tenho tempo,
de um tempo pré estabelecido.
Procuro, me acho me perco...

E o tempo passa...



Quanto tempo o tempo demora pra achar..
Quanto tempo se precisa para encontrar.
Esse tempo que não para,
vira na roda do inverso,
ponteiros que são às vezes anjos ou demónios,
que são tempo de encontros ou desencontros,
verdades ou mentiras..

E o tempo passa....



Se o tempo comanda o nosso certo ou errado,
se ele nos faz chegar a tempo ou tarde demais...
Bendito seja o tempo ou maldito quando ele passa sem trégua,
quando abusa da espera, não fazendo chegar,
cedo ou tarde..

E o tempo passa...



Quanto tempo nos resta, quando sem tempo
a hora pode perder a hora..
Vida marcada por tempo, cansado limite ate o fim do tempo.
E a vida para, acabou o tempo,
sem hora marcada mas data certa..
Limite de vida e morte, limite que invade sem pedir licença...
Por certo desta hora não se escapa....


E o tempo acaba...

by
S_adverso

6 comentários

Anônimo disse... @ sábado, 30 agosto, 2008

o tempo é curto d+...
para alguns com hora marcada...
escolhas...
e podemos para-lo se necessário...

Desejos de Corpo e Alma disse... @ sábado, 30 agosto, 2008

somos Senhores do tempo;
e de nossas escolhas.
essa é grande diferença!
Se o tempo é curto ou longo não importa, mas como
escolhemos passar por ele;

beijos

Anônimo disse... @ sábado, 30 agosto, 2008

E o tempo acaba...

pinguim disse... @ sábado, 30 agosto, 2008

Muito bem escrito.

Paulo disse... @ domingo, 31 agosto, 2008

o tempo... sempre o tempo, passando e levando-nos come ele. amei o texto!

Desejos de Corpo e Alma disse... @ quarta-feira, 03 setembro, 2008

obrigada por fazer parte desta casa;
Poder escrever o que se deseja é um presente...

beijos aos amigos Pinguim e Paulo.

e obrigada anonimo por sempre participar tambem.

Postar um comentário