| 1 comentários ]



Reprodução
Brad Pitt é o destaque desta semana da revista "Parade". O ator contou à publicação porque não quer se casar com Angelina Jolie, defendeu o casamento gay, criticou a Igreja e disse que tem medo de perder sua família.
Pai de seis filhos, Brad Pitt se mostrou muito sensato e sem preconceito nenhum quanto ao futuro deles. "Se me incomodaria se um filho meu virasse gay? Não, nem um pouco. Ouça, eu quero que meus filhos vivam a vida que eles querem viver. Espero ensinar aos meus filhos para eles serem o que realmente são", disse.
Foi justificando o fato de ainda não ter se casado com Angelina Jolie que Brad Pitt apoiou o casamento gay. "Eu tenho um amor na minha vida, uma alma gêmea. Quando alguém me perguntou porque Angie e eu não nos casamos, eu respondi: 'Talvez vamos nos casar quando for legal [no sentido da lei] para todo mundo'. Eu mantenho minha opinião, embora eu tenha levado muitas críticas dizendo isso. Eu detesto mensagens de grupo religiosos", disse.
O galã de Hollywood continuou o protesto dizendo que acredita que todos deviam ter o mesmo direito. "Eles dizem que casamento gay destrói a família e machuca as crianças. Bem, eu tive o privilégio de ver meus amigos gays sendo pais e assistir os filhos deles crescerem em um ambiente de amor", contestou.
Brad Pitt, que já assumiu ser ateu, falou sobre um pastor que o criticava na TV por não ter se casado. "Que direito alguém tem de dizer para outra pessoa como viver se eles não estão machucando ninguém?", perguntou.
O loiro admitiu ter medo da morte e de perder Angelina e seus filhos. "Minha verdadeira preocupação neste momento é a saúde e a segurança dos meus filhos. O medo de perder eles é algo que me preocupa de noite", disse.
Brad Pitt ainda falou sobre uma casa que está construindo e a definiu como um sonho. Está é a primeira experiência como arquiteto.


fonte:msn.com


CÓDIGO SECRETO


ps... gosteiiiiii

1 comentários

A Teoria do Kaos disse... @ domingo, 09 agosto, 2009

Ora...

e porque não?

Postar um comentário